ACCIONISTAS MINORITÁRIOS

Conversa privada de um casal de reformados, escutada inadvertidamente na sede do JULIUS que está situada num bairro camarário do Porto. As paredes são tão finas, que colocar um pionés para segurar o calendário, permite segurar dois, o do 2º esquerdo e o do 2º direito. Basta pôr uma cabecinha de cortiça e já está. Não é raro dependurar casacos, na outra extremidade do pionés.
-Maria nem sei como te hei-de dizer…
- Não sabes dizer o quê Raul? Se é sobre as férias, esquece, está combinado, está combinado. Já liguei à Zezinha a dizer que vamos para o parque na 2ª quinzena. Eu adoro o Entroncamento e tu sabes.
 -Nada disso, sabes aquele dinheiro que tínhamos junto…
- Qual? O do mealheiro? Que aconteceu? Ó homem não me digas que foi considerado branqueamento de capitais? Fala homem, fala, que me estás a pôr doida…
- Antes fosse Mizinha…
-Antes fosse? Então ainda foi pior, não me digas? Estão lá mais de 400 euros, estou a contar com eles para as férias…
- Não Mizinha, foi o depósito a prazo…
-O quê, tu não me digas que roubaram o depósito a prazo?
- Não foi roubado, foi pior...
-Pior? Pior que roubado? Ó homem tu desembucha se não acabo contigo,
- Eu comprei acções do BES…
- Compraste o quê?
-Acções do Espírito Santo…estavam baratas a 65 cêntimos…
-O Espírito Santo vende acções? Ó homem a que igreja é que tu foste?
- Não foi na igreja, foi o Igrejas que trabalha na agência do Espírito Santo que disse para eu levantar o depósito a prazo e comprar acções do banco….
- E tu compraste? Quanto gastaste? Não arranjavas mais barato no Pingo Doce? Eles fazem promoções todas as semanas…
- Maria não percebes nada. Acções são títulos que se compram para depois se vender, entretanto ficamos accionistas…
-Ai ficamos? E o que quer dizer?
- É que metemos 10.000 euros, que era o depósito a prazo e agora só valem 2.500 euros…
- O quê Raul, tu deste ao Espírito Santo 7.500 euros em mês e meio?
- É verdade Mizinha…acho que houve umas falcatruas e o banco não tem como pagar
- Raul, tu que foste um picheleiro toda a vida e de categoria, deixaste ir pelo cano abaixo esse dinheiro que era o nosso pé-de-meia?
-Mizinha fui aliciado…o Igrejas até me deu entradas para o circo, aliás foste comigo…
- Já estou a ver quem foram os palhaços…Mas isto não fica assim…quem é o dono do banco?
- Era um tal de Salgado, mas agora ninguém sabe,…
- Isso também não interessa, vais ter com o Igrejas levas as acções, dizes que tinham defeito e queres o dinheiro de volta.

 JR/07/14